09 junho, 2017

História
Como egípcios ergueram blocos tão pesados para construir as pirâmides?

Egito 01Para erguerem seu maior símbolo há quase 5 mil anos, egípcios utilizaram milhares de pessoas – e técnicas até hoje pouco claras para a ciência

1. Para aplainar o terreno, os egípcios usaram um truque bem inteligente. Eles alagaram tudo e cavaram valas com a mesma profundidade no solo de calcário. Depois, drenaram a área, de modo que a água permanecesse só nos canais que haviam feito. Aí, era só guiar-se pelo nível de água na hora de cortar o “excesso” de solo.
2. A maioria dos blocos foram extraídos de uma pedreira a 300 m de distância. Historiadores especulam que os operários usavam.
instrumentos de cobre para fazer cortes nas partes mais superficiais da rocha de calcário. Em seguida, enfiavam cunhas de madeira e as molhavam. Ela se expandia e separava um bloco do resto da pedra
3. Mistério: as ferramentas de cobre não conseguiriam cindir o granito, um tipo de pedra também presente em vários lugares da pirâmide. Nesse caso, seria necessário que os egípcios tivessem desenvolvido instrumentos mais resistentes. Mas eles não foram encontrados nas escavações nem são mencionados em textos antigos…
4. E como os gigantescos paralelepípedos eram levados até o canteiro de obras? Uma teoria da Universidade de Amsterdã sugere que eles eram colocados individualmente sobre um trenó de madeira puxado por cordas. Para facilitar o deslizamento, a areia do trajeto era molhada, tornando a superfície mais firme.

5. Estudiosos divergem sobre como os blocos foram levados a cada camada do prédio. É possível que houvesse uma rampa em espiral, ao longo do perímetro. Para o arquiteto francês Jean Pierre Houdin, ela era interna: imagens de microgravimetria revelaram uma espiral de maior densidade nas paredes maciças da pirâmide.

matéria completa: