23 maio, 2017

As 10 batalhas mais sangrentas da História
Em números de vítimas, quais foram as mais devastadoras?
Nathália Bustamante
10. Batalha de Kalinga Guerra de Kalinga - 261 a.C. - Até 300 mil Mortos
A Batalha de Kalinga foi o episódio final da guerra de incorporação da república de Kalinga pelo Império Máuria - atualmente território indiano. Os mais de 400 mil invasores de Máuria foram combatidos com ferocidade por 63 mil defensores. Diz-se que o Rio Daya foi manchado de vermelho durante a batalha, uma vez que todos os homens de Kalinga e ainda mais invasores foram mortos. 

9. Batalha de Salsu Guerra Goguryeo-Sui - 612 D.C. - 300 mil Mortos
Enquanto 1 milhão de soldados da Dinastia Sui marchavam para invadir a capital do reino de Goguryeo (atual Coreia), menos de 10 mil soldados defendiam a cidade. A estratégia coreana, então, foi a construção de uma barragem no Rio Salsu, aberta enquanto o Exército chinês o atravessava. A tradição coreana afirma que mais de 300 mil soldados da Dinastia Sui foram varridos pela água e os que sobreviveram foram facilmente massacrados pela cavalaria.


22 maio, 2017

21 maio, 2017

10 curiosidades sobre o Egito Antigo

1. Para afastar as moscas de perto, Pepi II do Egito sempre mantinha vários escravos nus perto dele. Os corpos dos escravos eram untados com mel, para atrair os insetos.
2. Tanto as mulheres quanto os homens egípcios usavam maquiagem.Eles acreditavam que a maquiagem tinha poder de cura.
Imagem relacionada
3. Os casamentos consanguíneos eram comuns nas famílias reais egípcias. O incesto era considerado algo normal. Tutancâmon, por exemplo, foi fruto do casamento do faraó Akhenaton com a sua própria irmã.

4. Um faraó nunca deixava seu cabelo ser visto – ele sempre vestia uma coroa ou um toucado para escondê-lo.5. Os egípcios ricos usavam perucas enquanto os mais pobres deveriam usar cabelos longos que podiam ser amarrados com rabo de porco. Até os doze anos, os garotos egípcios tinha que manter a cabeça raspada, para protegê-los de pulgas e piolhos.
6. As crianças egípcias não usavam roupas até à adolescência. Isso se devia às altas temperaturas da região. Os homens egípcios vestiam saias e as mulheres, vestidos.
7. Quando um corpo era mumificado, seu cérebro era removido por uma de suas narinas e seu intestino também era retirados e colocado em jarros. Cada órgão era colocado em um jarro separado. O único órgão interno que não era removido era o coração, pois os egípcios achavam que ele era a morada da alma.
8. No Egito antigo, o pão e a cerveja serviam para pagar salários. Um dia de trabalho valia três pães e dois vasos grandes de cerveja.
9. A Grande Pirâmide de Gizé foi, por mais 2000 anos, a maior construção do mundo. Só foi superada em 1311, com a construção da catedral de Lincoln, na Inglaterra.

10. Você sabia que os gatos eram animais sagrados no Egito? A exportação de gatos era proibida e o contrabando do animal podia ser punido com a pena de morte.